Evento internacional em São Paulo conta com a participação de Nicola Bonucci, Rodrigo Janot e German Garavano, dentre outros

0
140
International Bar Association

Nos dias 6 e 7 de novembro, a Comissão Anticorrupção da International Bar Association realizará a Latin American Anti-Corruption Enforcement and Compliance Conference.

O evento internacional contará com um impressionante grupo de especialistas no tema, dentre os quais podem ser citados:

  1. David Last, advogado do US Department of Justice responsável por vários casos relacionados ao Brasil;
  2. Monty Raphael, um dos membros da comissão que redigiu o UK Bribery Act;
  3. Membros de agências anticorrupção latinoamericanos, dentre os quais se pode citar i) Eber Bentanzos, representante do governo mexicano diretamente envolvido com a implementação da nova lei anticorrupção, ii) Camilo Andres, head da agência anticorrupção da Colômbia e iii) Mora Kantor (número dois da agência anticorrupção argentina);
  4. German Garavano, Ministro da Justiça Argentino que encabeça os esforços por uma nova lei anticorrupção;
  5. Eduardo El Hage, chefe de Força Tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro;
  6. representantes de organizações internacionais, dentre os quais vale mencionar i) Nicola Bonucci (diretor jurídico da OCDE), que participou da redação da convenção antissuborno de 1997 e tem acompanhado a implementação nos vários países signatários, i) Julie Katzman, vice-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento que tem projetos especiais na área de anticorrupção e c) Marie Brun, responsável por projetos de recuperação de ativos no Banco Mundial.
  7. Wagner Rosa da Silva (Corregedor-Adjunto da Área de Infraestrutura, representante da CGU), que tratará do tema de quantificação de multas e danos; e
  8. Hui Chen (ex-US DoJ), responsável pela redação do guia de orientação sobre programas de compliance do DoJ lançado em fevereiro de 2017.

O evento contará com a participação de speakers de vários escritórios americanos, europeus e latinoamericanos diretamente envolvidos com questões de compliance. Também haverá a participação de compliance officers e diretores jurídicos de diversas empresas (Nívea, Daimler, Odebrecht, United Health Group, Glaxo SmithKline).

Dentre os temas de destaques do programa, haverá um painel sobre (i) monitorship, (ii) um sobre quantificação de multas e danos, (iii) um sobre recuperação de ativos e (iv) outro sobre negociação com autoridades.

Para o conteúdo integral do programa, favor verificar: https://www.int-bar.org/Conferences/conf814/binary/AnticorruptionSP2017_programme.pdf (O programa está sendo atualizado, pois houve algumas mudanças).

DEIXE UMA RESPOSTA

Favor incluir seu comentário
Favor colocar seu nome